DESTAQUE – Curso de Arquitetura da UNISANTOS é o único do estado de SP a ter dois projetos finalistas no Opera Prima

O curso de Arquitetura e Urbanismo da UNISANTOS é destaque mais uma vez no concurso Opera Prima. Nesta 29ª edição, a UNISANTOS é a única instituição com dois projetos entre os cinco finalistas da região São Paulo. As instituições brasileiras de ensino de arquitetura indicaram 610 projetos de graduação, concluídos em 2017 e 2018, dos quais 516 foram inscritos e participaram dos julgamentos regionais. Agora, eles concorrem ao prêmio nacional, que será divulgado no dia 20 de março.

 

Perspectivas do projeto elaborado por Matheus Pardal

Orientados pelo professor mestre José Maria Macedo Filho, concorrem ao prêmio Matheus Duarte Pardal, com o projeto “Metabolismo Caiçara: operação urbana em Peruíbe”, e Manoel Ricardo dos Santos Júnior, com o projeto “Entre Cidades: Transposição dos morros de Santos”.

 

PROJETOS – O projeto elaborado por Matheus Pardal é uma operação urbana na cidade de Peruíbe, no litoral sul do Estado de São Paulo. A proposta interpreta o Rio Preto como eixo indutor do binário infraestrutura-paisagem. Em diferentes escalas, que vão do planejamento urbano ao projeto arquitetônico, o TCC propõe, entre outras intervenções, ações relacionadas a habitação, mobilidade e questões socioambientais.

 

Proposta de Manoel Santos apresenta teleférico como opção para transposição dos morros

Já na proposta de Manoel Ricardo Santos, após estudos sobre o território, teleféricos e os fatores de mobilidade urbana sustentável, o sistema de teleférico é apresentado como a opção mais viável para os problemas e necessidades apresentados. Além da transposição dos morros, o trabalho prevê criação de espaços públicos e de lazer para os habitantes que residem nos morros de Santos.

 

Matheus Pardal

PREMIAÇÕES – Ao longo do curso, Matheus Pardal conquistou diversos prêmios e menções honrosas, com projetos individuais e em grupo, em diferentes concursos nacionais e internacionais. O trabalhos “Edifício Itapura”, “Rua Vertical”, “Casa Portátil”, “Subversive Paradigm” e “OMNI Parada de Ônibus” foram alguns dos premiados. Além disso, sua pesquisa “Segregação socioespacial em Santos/SP: mobilidade urbana sob uma perspectiva comparada”, desenvolvida como projeto de Iniciação Científica, conquistou o primeiro lugar da área de Ciências Humanas e Ciências Sociais Aplicadas no ano de 2016.

 

OPERA PRIMA – Promovido pela revista Projeto Design, o Opera Prima é um dos mais importantes prêmios para estudantes de Arquitetura do Brasil. Ele reúne trabalhos finais de graduação de instituições de todo País, tendo a primeira etapa regional (5 regiões) e a segunda nacional.