ALERTA – Em nota, CNBB pede aos governantes que adotem medidas urgentes para salvar a região Amazônica

“É urgente que os governos dos países amazônicos, especialmente o Brasil, adotem medidas sérias para salvar uma região determinante no equilíbrio ecológico do planeta – a Amazônia. Não é hora de desvarios e descalabros em juízos e falas”. Esse é um trecho da nota divulgada, na sexta-feira (23), pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que pede ações imediatas para conter as queimadas na região Amazônica.

 

A nota, que também foi gravada em vídeo pelo presidente da CNBB, o arcebispo de Belo Horizonte, dom Walmor de Oliveira Azevedo, destaca o Sínodo dos Bispos sobre a Amazônia, convocado pelo papa Francisco, para o mês de outubro, como um sinal de esperança na preservação da vida e do meio ambiente. Para acessar o vídeo, clique AQUI.

 

Em abril, o arcebispo emérito de São Paulo, Dom Cláudio Hummes, que é presidente da Rede Eclesial Pan-Amazônica, esteve na UNISANTOS para falar sobre o Sínodo da Amazônia, que trata de novos caminhos para a evangelização dos indígenas e a crise da Floresta Amazônica. Durante celebração religiosa e conferência que realizou, foi enfático que é preciso cobrar um posicionamento dos governantes, que a sociedade civil deve se organizar e fazer pressão, pois o planeta está em perigo. “Deus não quer a destruição do que Ele criou!”.