WEBINAR- Pesquisadora participa de evento sobre os impactos da Covid-19 na população em situação de refúgio

Evento com a participação de pesquisadores da América Latina

Docente do Programa de Mestrado e Doutorado em Direito, líder do grupo de pesquisa  “Direitos Humanos e Vulnerabilidades”e  vice-coordenadora da Cátedra Sérgio Vieira de Mello da UNISANTOS , a professora doutora Liliana Lyra Jubilut participou, no dia 7 de julho, do webinar “El rol de la academia y think tanks frente a los impactos del Covid-19 em las personas Migrantes, Solicitantes de Asilo y Refugiadas”.

 

Com objetivo de analisar as ações realizadas pela academia frente à população em situação de refúgio e os impactos causados pela Covid-19, o evento, organizado pelo Departamento de Inclusión Social da Organização dos Estados Americanos e a Academia de Derechos Humanos y Derecho Humanitario da American University, contou com a participação de pesquisadores de universidades da América Latina que juntos debateram questões a partir da seguinte temática: “Respuestas multisectoriales para la protección de los derechos de los migrantes, refugiados y desplazados internos en tiempos de la pandemia COVID-19″.

 

AÇÕES- Analisando o impacto da Covid-19 na vida da população em situação de refúgio, a pesquisadora destacou o trabalho que a UNISANTOS vem realizando frente aos refugiados. Responsável pela coordenação do projeto, ela apresentou os relatórios técnicos “Direitos Humanos e COVID-19: impactos em direitos e para grupos vulneráveis” e “Direitos Humanos e COVID-19: Respostas e Estratégias de Enfrentamento”, que foram produzidos pelo grupo de pesquisa “Direitos Humanos e Vulnerabilidades” com o propósito de apresentar as interseções entre a pandemia e os direitos humanos.

 

Além dos relatórios, a docente também comentou sobre as bolsas de estudo oferecidas pela Universidade Católica de Santos aos refugiados e dos diversos eventos promovidos pela Cátedra Sérgio Vieira de Mello da UNISANTOS ao longo do ano para debater todas as questões relacionadas à situação de refúgio. Ela ressaltou o trabalho promovido pela Cátedra Sérgio Vieira de Mello da instituição que promove frequentemente debates, eventos e ações de arrecadações, além relatórios técnicos.