FÉ – Com música e orações, comunidade acadêmica recebe imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima na UNISANTOS. Imagem permanece no hall de entrada até o dia 20

Estudantes, funcionários administrativos e docentes, egressos e familiares participaram da cerimônia
Imagem peregrina esteve em escolas católicas da região

Sob forte emoção, estudantes, funcionários administrativos e docentes, egressos e familiares receberam a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima, ontem (12), no Campus Dom Idílio José Soares. A cerimônia foi realizada na véspera da data em que é celebrada a sua aparição, em 1917, a três crianças em Portugal.  A imagem pode ser vista, no hall de entrada, até o próximo dia 20.

 

Música e orações marcaram o momento de acolhida preparado pela Pastoral da Universidade, sob a coordenação do padre Cláudio Scherer, pró-reitor de Pastoral da UNISANTOS. Com o apoio do Grupo de Operações Especiais de Santos, da Polícia Civil, e da Guarda Municipal de Santos, a imagem de Nossa Senhora chegou ao campus e foi conduzida a um espaço preparado especialmente para visitas e orações. Reitor da UNISANTOS, o professor mestre Marcos Medina Leite recebeu a imagem e conduziu a prece que foi acompanhada pela comunidade acadêmica.

 

Reitor, professor Marcos Medina, conduziu a prece e foi acompanhado pela comunidade acadêmica
Viviane da Silva
Alex de Jesus

EMOÇÃO – Muito emocionada, Viviane Santos da Silva, que é funcionária da Universidade e atua na Biblioteca, expressa o sentimento de presenciar a imagem de Nossa Senhora de Fátima pela primeira vez na UNISANTOS. “É uma benção para nós, depois de tudo o que a gente passou, esse tempo em que ficamos nessa situação de pandemia, e agora, ter essa oportunidade de estar presenciando. Está sendo maravilhoso”, explicou.

 

“Depois de tanto tempo, é uma esperança para a gente. É um alívio ver a imagem da Santa e uma alegria imensa. Não dá nem para expressar o que sinto”, comentou Alex Lourenço de Jesus, funcionário do departamento de cobrança da Sociedade Visconde de São Leopoldo.

 

Carlos José Pereira
Carlos Eduardo Santana
Imagem foi trazida em carro aberto pela Guarda Municipal de Santos e recebida com festa no campus

BÊNÇÃO – “É uma oportunidade de receber a benção e dizer obrigado”, afirmou o professor mestre Carlos José Pereira, docente dos cursos de Administração e Ciências Econômicas e coordenador do MBA em Comércio Exterior e Negócios Internacionais. Para ele, presenciar a chegada da imagem de Nossa Senhora de Fátima representa a chance de agradecer por “estarmos vivos”, além de abençoar a casa. O docente pede bênçãos para a Cidade, Estado e para o País.

 

Para o funcionário público Carlos Eduardo Duarte Santana, que é devoto de nossa Senhora de Fátima e visitava a instituição, a imagem representa saúde e esperança pela vida, principalmente pelo momento atual. Para ele, o tempo é de agradecer pela saúde, pois no ano passado esteve hospitalizado após uma cirurgia. “Momento de agradecimento à vida”, salientou.

 

Vera Lúcia dos Santos Dias
Sabrina Silva

Mãe da funcionária administrativa Daiene dos Santos Zuzart Gallucci Dias, Vera Lúcia dos Santos Dias veio pela primeira vez acompanhar a chegada da imagem.  “Eu participo da Igreja São Judas Tadeu no Marapé. Já ouvi falar da passagem da Santa aqui, mas esse ano é a primeira vez que eu vim vê-la. Sou devota desde pequena. Meu marido faleceu há dois anos, mas entreguei tudo nas mãos de Nossa Senhora de Fátima”, disse.

 

Estudante do 1º semestre do curso de Psicologia, Maria Eduarda Rodrigues da Silva também acompanhou a celebração. “Sou católica, faço parte da Igreja Nossa Senhora das Graças, em São Vicente. É a primeira vez que eu participo aqui na UNISANTOS deste momento, e acho importante tanto para quem é católico quanto para quem é de outra religião”. Para a estudante do curso de Direito, Sabrina Luiza Clemente Silva, a experiência foi uma novidade. “O evento foi maravilhoso e como sou católica, achei incrível essa forma de representar o catolicismo”, comentou.

 

Lilian e Thaís Oglouyan

Egressa do curso de Relações Públicas da Universidade, Thaís Zeitoun Oglouyan Oliveira já presenciou três chegadas da imagem peregrina na Universidade. Quando soube da cerimônia deste ano, não hesitou em comparecer com a sua mãe. “É sempre emocionante, já que o evento que a faculdade prepara é sempre muito bacana com todo esse acolhimento”, explicou.

 

Irmã Filalteia Alabasto

“Eu adoro Fátima, então é sempre prazeroso estar em contato com ela”, disse Lilian Zeitoun Oglouyan Oliveira, mãe de Thaís. É a segunda vez que ela assiste à chegada de Nossa Senhora de Fátima na UNISANTOS. Para ela, o evento é uma forma da Universidade integrar as pessoas de fora e levar uma palavra cristã para as pessoas. “A UNISANTOS faz isso cumprindo sua missão católica”.

 

Do curso de Enfermagem, a irmã Filalteia Alabasto de Cristo, da fraternidade O Caminho, também foi prestigiar a chegada da imagem. Devido à pandemia, ela conta que essa foi a primeira vez que presenciou o evento. “É uma grande alegria. Uma expressão de fé para toda a Universidade. Nossa Senhora de Fátima tem aquele âmbito de proteção e para mim é uma grande alegria estar aqui, com a mãe que olha todos os seus filhos”, disse.

Olá! Estamos aqui
para te ajudar!