EXTENSÃO – Clínica Integrada de Saúde promove ação com representantes da Sociedade de Melhoramentos Vila Nova

Moradores são orientados sobre os serviços
Estudantes realizaram entrevistas

A Clínica Integrada de Saúde realizou, no sábado (8), uma ação que marca o primeiro encontro com moradores que integram a Sociedade de Melhoramentos do Bairro Vila Nova. O objetivo é, por meio das lideranças comunitárias, aproximar cada vez mais a comunidade dos serviços de saúde que a Universidade oferece, proporcionando atendimento de qualidade aos portadores de patologias como diabetes, hipertensão e obesidade.

 

As atividades ficaram sob responsabilidade das docentes do curso de Enfermagem, a coordenadora do curso, professora mestre Joice Maria Pacheco Antonio Fernandes, e a professora doutora Luzana Mackevicius Bernardes.  Estudantes de Enfermagem e Psicologia que fazem estágio na Clínica realizaram entrevistas individuais com os pacientes para entender suas necessidades e encaminhá-los para atendimento específico. Após a triagem, a psicóloga Adalgiza Luz Pereira, que atua na Prefeitura de Santos, realizou uma dinâmica de grupo, que tinha como objetivo ensinar técnicas de relaxamento.  Além de cuidar da saúde, as mulheres também aprenderam a cuidar da pele. No final da ação as interessadas podiam se maquiar.

 

Raimundo de Almeida
Veridiana da Silva

A presidente da Sociedade de Melhoramentos do Bairro Vila Nova, Veridiana Mesquita da Silva, conta que foi através do convênio realizado com o Conselho Municipal de Entidades de Bairro (COMEB), que ela acabou sendo convidada pela professora mestre Dalva Mendes Fernandes, coordenadora da Incubadora de Empreendimentos Econômicos e Solidários da UNISANTOS. “Ela abriu as portas da faculdade para nós e para o pessoal do bairro da Vila Nova. Agora, é só o primeiro passo, depois vamos nos organizando”, comentou.

 

Para Raimundo de Almeida, que atua como tesoureiro na Sociedade de Melhoramentos do Bairro Vila Nova, a responsabilidade como voluntário é proporcionar o melhor para os moradores do bairro. Oferecer esse serviço de saúde às pessoas carentes que não têm acesso é uma oportunidade de a população conhecer a Universidade. “Eles vão aproveitar bastante. Essa iniciativa é ótima”.

Atendimento via chat
Atendimento via chat