Extensão

História dos Cursos

A UNISANTOS foi a terceira instituição de Ensino Superior no Brasil, e a primeira na Baixada Santista, a desenvolver cursos exclusivos aos idosos.

Os cursos para a Terceira Idade na UNISANTOS começaram em 1º de abril de 1991, com o lançamento do projeto Universidade Aberta para a Terceira Idade (Uati). Essa iniciativa tinha como objetivo a prestação de serviços à comunidade.

A pedido da Pró-Reitoria Acadêmica, o Centro de Atividades de Extensão elaborou o Programa Permanente de Atualização, oferecendo no período da tarde as disciplinas de Filosofia, Economia, Política e Artes. Constatou-se, então, que a maioria dos alunos que frequentavam o programa tinha idade acima dos 50 anos.

A UNISANTOS passou, então, a desenvolver cursos destinados a essa faixa etária. Contribuiu para essa decisão o fato de Santos ser uma das cidades líderes, no País, em número de habitantes na Terceira Idade. Esse total representa cerca de 20% da população, um contingente que demanda necessidades sociais específicas.

Desde 1991,  mais de mil alunos frequentaram os cursos para a Terceira idade da UNISANTOS. Nessa trajetória, coordenaram os cursos o Prof. Cláudio José dos Santos (1991-1999); a Profª. Maria Zilda da Cruz (2000-2002); o Prof. Me. Paulo Roberto Börnsen Vibian (2002-2005); e a Profª. Drª. Benalva da Silva Vitorio (2006-2012).