Funcionários administrativos falam sobre contratação na UNISANTOS após período de vivência em empresas terceirizadas

A UNISANTOS é uma instituição comunitária de educação superior que conta com centenas de funcionários administrativos e docentes, além de colaboradores terceirizados que contribuem para que tudo funcione perfeitamente. No dia-a-dia, é possível encontrá-los nas mais diferentes funções, desde áreas como limpeza e segurança até cantina, café e livraria.

 

Mariclaudia Henriques

O vínculo que vai sendo criado, por meio do trabalho, muitas vezes se transforma em novas oportunidades, como a própria contratação pela Universidade. Esse é o caso da Mariclaudia Pereira Henriques, a Claudinha, da recepção do Campus Dom Idílio José Soares. Às vésperas de completar 23 anos de casa, ela iniciou na instituição como auxiliar de serviços gerais por meio de uma empresa terceirizada. “Eu fiquei tão feliz, tão contente. Nunca imaginei que estavam observando meu trabalho. Aqui é como uma família para mim. Tudo que consegui veio daqui, só tenho a agradecer. Aqui pude formar meu filho mais velho”.

 

OUÇA PARTE DO DEPOIMENTO DA CLAUDINHA CLICANDO AQUI

 

Fábio Nery

Atualmente na Editora Leopoldianum, Fábio Alcântara Nery também chegou na instituição por meio de uma empresa terceirizada. Atento às oportunidades na UNISANTOS, 10 meses depois de prestar serviços, conseguiu uma vaga no Departamento de Administração Patrimonial (DAP). Focado, logo em seguida começou a estudar Administração. O curso foi a porta de entrada para a transferência para o antigo setor da Controladoria, e a pós-graduação em Gestão de Empresas abriu o caminho para sua transferência para editora. “Eu tive apoio de muita gente, todo mundo contribuiu um pouquinho, se for agradecer todo mundo, vou falar muitos nomes”.

 

Joana de Souza

CAMPS – Joana Elizabeth Silva de Souza ingressou na UNISANTOS por outro caminho, mas, também, depois de vivenciar um período na instituição por meio do Centro de Aprendizagem e Mobilização Profissional e Social (CAMPS). O seu início, como aprendiz, na biblioteca, possibilitou novas experiências, inclusive em outros setores. Atualmente, está no Departamento de Atendimento Integrado (DAT). “Fiquei muito feliz em ser contratada, pois iria ajudar a minha mãe. Essas oportunidades me fizeram adquirir diferentes conhecimentos e amizades, sou bem grata. O CAMPS foi uma porta de emprego muito boa”.

 

Atendimento via chat
Atendimento via chat