EXTENSÃO – Laboratório Econômico Social aponta aumento de 14,02% no preço da cesta básica, nos últimos seis meses

O preço da cesta básica de Santos apresentou um crescimento de 14,02% nos últimos seis meses, período da pandemia de Covid-19. Os dados fazem parte do índice do custo da cesta básica de alimentos – ICCB – UNISANTOS, elaborado por estudantes e docentes do Laboratório Econômico Social (Labores). Em comparação ao mês de julho, houve um aumento de 5,2%. O preço da cesta básica do mês de agosto ficou em R$498,08.

 

O ICCB-UNISANTOS calcula o preço médio da cesta alimentar multiplicando as quantidades definidas no Decreto Lei nº 399/1938 pelo preço médio de cada produto pesquisado. A soma desses valores estima a cesta básica de alimentar de Santos Custo Básico da Cesta Alimentar em Santos – CBAS. O Boletim Índice do Custo da Cesta Básica de Alimentos é parte de um programa de pesquisa e extensão do curso de Ciências Econômicas da UNISANTOS, que realiza, desde o mês de agosto de 2017, coleta de preços dos itens que compõem a cesta básica alimentícia conforme o Decreto-Lei nº 399/1938. Por conta da pandemia de Covid-19, a apuração dos preços está sendo realizada em em sites de supermercados de Santos.

 

Participam do projeto os seguintes estudantes:  Fábio Ferreira da Silva  (Ciências Econômicas);   Isabela Marques de Carvalho (Administração); Laís Gabrielli Guedes da Neves (Ciências Econômicas); Oranyan Paraguai dos Santos (Administração);  Welligton Matheus Amorim (Ciências Econômicas);  e Vinicius Alves Costa Lemos (Curso de Ciências Econômicas). A coordenação é da professora mestre Dalva Mendes Fernandes.

 

No último sábado, o Jornal A Tribuna destacou o trabalho do Labores. Para conhecer o boletim, clique AQUI.