CELEBRAÇÃO – Pedagogia comemora o seu dia em meio aos desafios atuais, mas com a mesma missão de educar

Possuir uma visão crítica da realidade e paixão pela educação são características essenciais para quem quer ser um educador. A formação profissional do pedagogo tem assumido lugar de destaque nos debates educacionais no Brasil e no mundo.  Desde a alfabetização até a gestão escolar, são muitas as possibilidades para que os profissionais da área empreguem conhecimentos pedagógicos, até mesmo em ambientes não escolares. Ontem  (20), foi o Dia Nacional do Pedagogo.  A UNISANTOS, que formou milhares de pedagogos em 67 anos de história do curso, não poderia deixar de lembrar desses heróis que enfrentam os desafios diários, cumprindo a missão de educar.

 

Estudante do 6º semestre de Pedagogia, Mariclara Ferreira dos Santos revela que a vontade de ingressar na área surgiu de uma memória da infância, quando ajudava colegas surdos a entender a matéria na sala de aula quando a professora não estava presente. “Antes de ser interprete de libras, eu queria ter um conhecimento científico sobre o comportamento das crianças e saber como trabalhar na instituição escolar”, ressalta.

 

Mariclara dos Santos

ESCOLHA – Avaliado com Conceito 5 (máximo) pelo MEC/ENADE, o curso de Pedagogia da UNISANTOS acabou sendo uma escolha natural para Mariclara, uma vez que ela já tinha familiaridade com a Universidade. Enquanto estudante do ensino fundamental, ela teve aulas de matemática avançada com um professor/estagiário da UNISANTOS que integrava o Programa Institucional de Iniciação à Vida Acadêmica (PIBID), fruto de parceria entre a UNISANTOS e a Capes/MEC. Além disso, ela revela que participou da Católica Trends 2017, a feira de profissões da UNISANTOS, e se sentiu atraída pelas muitas possibilidades que a Universidade oferece. “Há preocupação não só com nosso bem-estar, mas com nosso aprendizado. Existe muita leitura e uma educação crítica e reflexiva”, destaca.

 

Laís Chagas

Para Laís Lima Chagas, do 7º semestre, a motivação para cursar Pedagogia surgiu do conceito de que a educação é o caminho para a transformação. “Por meio dela (educação), posso ajudar as pessoas, mesmo as que estão em condições desfavorecidas, a mudar de vida e serem mais do que apenas estatística”, explica. Ela também participou da Feira de Profissões, enquanto estudante do Ensino Médio, e escolheu a UNISANTOS por conta da infraestrutura e reconhecimento do curso. “O que mais destaco no curso é a apresentação da área para além dos conteúdos, enfatizando a realidade do pedagogo no seu cotidiano e as diferentes áreas em que podemos atuar. Tudo isso muito bem estruturado pelos excelentes professores”, comenta.

 

ESTUDOS – Focada em sua formação, Mariclara diz que mantém uma rotina bastante organizada, reservando o período da tarde para os estudos e conciliando com o estágio em uma escola que atua. Para o futuro, ela projeta emendar uma pós-graduação lato sensu ou o mestrado assim que concluir o curso. “Eu gosto muito de estudar na UNISANTOS, é quase minha segunda casa. Quero me dedicar mais na escola em que trabalho e tentar concurso público”, conclui.

 

Brinquedoteca com espaços setorizados para diferentes dinâmicas é um dos diferenciais

Apesar do dia a dia bastante corrido, por conta dos estudos e do estágio em uma escola particular, Laís revela que tem conseguido conciliar as atividades e valoriza a experiência. “A experiência do estágio é essencial para a formação de professor, pois é onde iniciamos a inserção no cotidiano escolar. Podemos fazer a ligação da teoria com A prática, vivenciando diferentes situações”, explica. Além da atuação em escolas públicas, ela já tem outros planos para o futuro. “Pretendo lecionar em escolas públicas, porém, meu principal objetivo, é continuar estudando e ingressar no mundo da pesquisa”.

 

Professora Roseane Lopes

Coordenadora do curso de Pedagogia da UNISANTOS, a professora mestre Roseane Marques da Graça Lopes destaca que a formação oferecida na Universidade entrega ao estudante saberes que permitem um olhar fundamentado para que atue com segurança em um espaço escolar, desde a organização geral das ações didáticas e atuação em classe, até a construção da cultura organizacional e orientação pedagógica. Além de proporcionar o entender dos reflexos das políticas educacionais na educação escolar.

 

DIFERENCIAIS – Entre os diferenciais, a coordenadora relaciona o diálogo constante com a pesquisa, seja por meio do Programa de Iniciação Científica com oportunidade de bolsa, seja na interação com grupos de pesquisa da pós-graduação stricto sensu (Mestrado e Doutorado); a bem equipada Brinquedoteca e Midiateca, que permite aos estudantes intensa interação com entidades da comunidade; o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), que possibilita a prática docente já nos primeiros semestres com bolsa da Capes; o fato da UNISANTOS ter o único curso de Pedagogia da região selecionado pelo MEC/Capes para oferta do Programa de Formação Emergencial de Professores da Educação Básica (PARFOR), com concessão de bolsas de estudo integrais; entre outros.

 

Alunos bolsistas do Pibid sociabilizam experiências vividas nas escolas

Com relação ao mercado de trabalho, Roseane ressalta que há uma grande absorção dos concluintes em razão do reconhecimento da instituição. “Todos deixam a Universidade já empregados. Recebemos solicitações das escolas da rede particular para o encaminhamento dos nossos estudantes. Há um reconhecimento tácito da comunidade quanto à qualidade do curso que oferecemos e de como nossos estudantes são formados”, argumenta. A professora também salienta que os egressos mantêm contato regular com a coordenação, possibilitando o conhecimento do cenário regional e nacional com vistas ao oferecimento de formação complementar, acompanhando a dinâmica da área educacional no País.