EXTENSÃO – Estudantes do curso da Terceira Idade também inovam durante as aulas em ambiente digital

Estudantes têm utilizado Moodle e o Google Meet

A turma é animada, não perde uma aula e está sempre pronta para novos desafios. Prova disso é a própria quarentena, por conta da pandemia de Covid-19. Com diferentes tecnologias, os estudantes do curso da Terceira Idade estão conectados, curtindo aulas, interagindo e mantendo as atividades com muita criatividade e bom humor.

 

Utilizando a plataforma do Moodle e o Google Meet durante as aulas, os estudantes também criaram o grupo “UATI – VAMOS TROCAR IDEIAS”, no WattsApp, para compartilhar informações e refletir sobre as aulas do semestre: Alimentação Sabores e Saberes; Atividades Funcionais; História Geral; Inteligência Emocional; Oficina de Canto; Patrimônio Cultural; Relações Internacionais e Temas Atuais de Direito.

 

Maria Ede durante a aula

INICIATIVA- Segundo a estudante Maria Ede Catani  Antunes (Dedé), a ideia de seguir com as aulas em ambiente digital veio ao encontro do desejo das estudantes de continuar com as atividades. Há 12 anos no curso, a presidente do Grêmio do curso de Extensão para Terceira Idade comenta que o novo formato fez os alunos saírem da zona de conforto e participarem ainda mais das aulas. “A participação do grupo durante os debates tem sido bem relevante, e mesmo em um ambiente online a interação faz com que tenha uma presença humana”.

 

Ana Miriam destaca integração

Destacando a compreensão da UNISANTOS durante todo o processo, Ana Miriam Zilberman Henriques diz que o mais importante nesse momento é a convivência, mesmo que distante entre os alunos e professores. Ela ainda ressalta que essas aulas são imprescindíveis para o grupo. “A UNISANTOS foi muito importante, simplificando o processo e disponibilizando o Google Meet. Além disso, é importante manter esse movimento intelectual e a convivência com o grupo, para mantermos a saúde mental, o equilíbrio e a paciência para atravessarmos essa fase da melhor forma possível”, conclui a estudante que frequenta a Universidade há 14 anos.

 

ADAPTAÇÃO- Docente da disciplina de História Geral, o professor Reinaldo Lopes Martins explica que essa é a primeira vez que ele utiliza esse tipo de ferramenta tecnológica para aula, e que o primeiro passo foi entender sobre essa nova tecnologia para depois adotar uma plataforma que todas as alunas aprendessem a lidar. Lecionando no curso desde o início, em 1991, o historiador também fez questão de ressaltar todo esforço da UNISANTOS para manter todas as atividades acadêmicas. “A adaptação está acontecendo e o contato tem sido muito legal. O papo e a aula correm de forma descontraída exatamente igual a presencial. E o grupo no WhatsApp não para dia e noite”, finaliza.

 

De acordo com o professor mestre Mateus Catalani Pirani, todo esse processo de adaptação foi bem interessante, porque as alunas tiveram a oportunidade de vivenciar na prática um pouco do que foi debatido em sala. Na visão do docente da disciplina de “Temas Atuais de Direito”, essas aulas são fundamentais nesse momento de pandemia. “O curso da Terceira Idade não tem a ver apenas com o aprendizado, mas sim, com a interação e aproximação com o professor.  O ambiente acadêmico é revigorante e necessário neste processo”.