Internacional

Dúvidas Frequentes

Qual a duração da mobilidade acadêmica, e quais os meios possíveis para realiza-la?
A mobilidade acadêmica tem duração mínima de 6 (seis) meses, sendo possível a renovação por mais 6 (seis) meses, dependendo da instituição anfitriã, considerando-se o bom desempenho do aluno no exterior. A mobilidade pode ser realizada por meio de convênios bilaterais diretamente com a Universidade Católica de Santos e instituições conveniadas e pelo programa Ciência sem Fronteiras no caso das engenharias e outros cursos contemplados pelo programa.

Posso escolher a Universidade de destino?
Apenas entre as instituições conveniadas com a Universidade Católica de Santos. Ainda assim, será necessário verificar a disponibilidade do curso e das matérias do aluno que pretende realizar a mobilidade, e a equivalência destas matérias, para que se analise a viabilidade das possíveis adaptações acadêmicas após o retorno do aluno.

Como participo do programa de mobilidade?
Você deve realizar um requerimento de mobilidade acadêmica internacional na secretaria acadêmica de seu campus, e em seguida entrar em contato com a Assessoria de Relações Institucionais (contato abaixo). Demais informações estão disponíveis nas outras abas desta seção do site.

Pagarei mensalidades durante a Mobilidade?
Não. O aluno não pagará mensalidades durante o período da mobilidade. Mas é necessário estar regularmente matriculado no período da mobilidade e não ter pendências financeiras.

Estou com a matrícula trancada. Posso me inscrever no Programa de Mobilidade Acadêmica?
Não. No momento da inscrição o aluno deve estar matriculado na Universidade Católica de Santos e permanecer matriculado durante todo o período da mobilidade.

Existem bolsas de mobilidade acadêmica?
Sim. O programa Ciência sem Fronteiras (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e Ministério da Educação – MEC) é uma das alternativas para as áreas contempladas. Adicionalmente, em razão da parceria entre a Universidade Católica de Santos e o Programa Santander Universidades é possível participar do programa de Bolsas Ibero-Americanas durante o primeiro semestre do ano letivo.

O processo é concorrido?
Cada universidade no exterior possui uma cota específica para alunos em mobilidade. É também importante saber que os alunos serão submetidos à um processo de seleção interno.

Devo ter conhecimento na língua do país de destino?
Sim, ao menos conhecimento intermediário na língua do país de destino, além do Inglês. Algumas instituições pedem certificados, geralmente o TOEFL (para o Inglês). No caso das mobilidades às instituições lusófonas ou em países que falam a língua portuguesa (Portugal e Moçambique), é recomendado apenas o Inglês básico em função da viagem internacional.

Quando poderei dar continuidade ao pedido de visto, realizar a compra das passagens e contratar o seguro?
Somente após resposta positiva da Universidade de destino por meio de uma carta formal de aceite.

Receberei orientações referentes à acomodação no país da Universidade de destino?
A Assessoria de Relações Internacionais presta assistência aos alunos, mas não se responsabiliza por questões como acomodação. Algumas Universidades oferecem acomodações específicas para intercambistas, dentro do campus.

Os documentos pessoais são de minha inteira responsabilidade?
Sim. A Assessoria de Relações Internacionais presta assistência quanto às informações referentes à documentação, tais como Passaporte e Visto Internacional de Estudante, mas não se responsabiliza por sua obtenção.

CONTATO
Assessoria de Relações Institucionais
Telefone: 3205-5555 – ramal 1241
E-mail: ari@unisantos.br

 


Atendimento via chat
Atendimento via chat