HOMENAGEM – UNISANTOS decreta luto oficial de três dias pela morte do ex-reitor, professor emérito Francisco Prado de Oliveira Ribeiro. Foram 50 anos dedicados à instituição

Três mandatos como reitor

A UNISANTOS decretou luto oficial de três dias, a partir de HOJE  (14), pela morte do ex-reitor, professor mestre Francisco Prado de Oliveira Ribeiro, ocorrida no domingo (13). “Chico Prado”, como era carinhosamente chamado pela comunidade acadêmica, dedicou 50 anos de magistério na instituição e ocupou o cargo de reitor durante três mandatos (1990/1994), (1994/1998) e (1998/2001).  Em 24 de outubro de 2008, foi homenageado pela UNISANTOS com o título de Professor Emérito, pelos relevantes serviços prestados.

 

Francisco Prado foi professor de Economia Política, Teoria Econômica e Direito Constitucional. Ocupou ainda na instituição os cargos de diretor da Faculdade de Direito, vice-diretor da Faculdade de Ciências Econômicas e Comerciais, e assessor jurídico da Sociedade Visconde de São Leopoldo, mantenedora da UNISANTOS e Liceu Santista. Tem inúmeros trabalhos e artigos publicados.

 

Em 1990, no primeiro mandato como reitor
Na entrega do título de Professor Emérito

REITOR – Quando assumiu a Reitoria, em 1990, em entrevista ao jornal institucional Informativo UNISANTOS, falou sobre a participação da comunidade acadêmica e sobre uma universidade aberta a um novo tempo, sem esquecer da importância do seu passado. “O passado das nossas faculdades é o presente e é o futuro da nossa universidade. Vamos dizer que é este o nosso posicionamento fundamental diante da Reitoria que acabamos de assumir. Por outro lado, a universidade, sendo o mundo da palavra, é, também, e por isso mesmo, o mundo da participação. É essa participação que lhe garante a reposição constante de energia intelectual, essencial para a sua existência”, destacou.

 

Posse como secretário de Habitação do Estado de São Paulo

HOMEM PÚBLICO – Sua atuação política o conduziu ao cargo de vice-prefeito de Santos (1965 – 1969) e prefeito em exercício em 1967. Presidiu a Prodesan, foi secretário e vice-presidente da OAB Santos. Também ocupou o cargo de conselheiro da Santa Casa de Santos e respondeu pelo departamento jurídico do Santos Futebol Clube (1982- 1986), onde era conselheiro efetivo. Em 1993, assumiu como juiz do Tribunal Regional Eleitoral, e em 1998, foi nomeado secretário de Habitação do Estado de São Paulo e, posteriormente, secretário de Emprego e Relações do Trabalho.

 

Nascido em Santos, em 21 de março de 1931, Francisco Prado é bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais, pós-graduado em Economia Brasileira e mestre em Direito Econômico pela USP. Casado, deixou quatro filhos.

 

PORTARIA – Confira a portaria publicada pelo reitor Marcos Medina Leite, referente ao luto oficial de três dias. Clique AQUI.