Estudantes do curso de extensão da Terceira Idade iniciam o ano letivo

Grupo Terceira Idade
Turma comemora retorno às atividades e destaca o companheirismo e a descontração

Alegria, companheirismo e pura descontração. Esses foram os sentimentos que os estudantes do curso de Extensão da Terceira Idade da UNISANTOS expressaram no retorno às atividades, na segunda-feira (5). Prestes a completar 27 anos de atividades, o projeto é referência na região e foi o segundo no Estado de São Paulo e terceiro no País voltado para pessoas com idade acima dos 50 anos.

 

Nanci de Faria Paiva
Nanci de Faria Paiva

A expectativa para discutir, durante os encontros, aspectos da cultura e cidadania, história geral, questões jurídicas e o discurso da mídia, entre outros,  já era compartilhada entre veteranos e calouros. Segundo a estudante Nanci de Faria Paiva, de 83 anos, o convívio dos alunos fez com que a turma se tornasse um grupo de amigos. Há 19 anos no curso, ela ressalta que a extensão é um grande aprendizado para todos. “Aqui nós temos ótimas aulas e debatemos sobre diversos assuntos”.

Antônio Brasil Neto
Antônio Brasil Neto

 

Acreditando que necessitava de uma reciclagem, o aluno Antônio Brasil Neto, de 90 anos, não pensou duas vezes e há quatro meses resolveu ingressar no curso de extensão da Terceira Idade. “Mesmo tendo uma formação superior, aqui eu adquiro novos conhecimentos e enriqueço ainda mais o meu patrimônio cultural, além de fortalecer o meu espírito”, finaliza.

 

MUNDANÇA DE VIDA- Natural de São Paulo e estudante do curso de extensão há 8 anos, Zeni de Gouveia Arruda, de 69 anos, comentou que o projeto foi o grande responsável pela sua permanência em Santos. “Estava prestes a voltar para São Paulo quando resolvi entrar aqui na UNISANTOS.  Graças ao curso hoje eu tenho grandes amigos e permaneço me atualizando”.